Como fazer seu marketing pessoal e profissional

Seu produto profissional tem qualidade? Qual é a composição desse produto? Atende aos seus clientes? Veremos essas e outras questões neste artigo, complementando o artigo anterior sobre o assunto.

Composição da sua matéria prima e características

Imagine uma cadeira dessas utilizadas em hotel para eventos. Estrutura de ferro quadrada, pintura em epóxi, assento e encosto de madeira revestido com espuma e forrado com tecido anti – transpirante. Essa é a descrição das características técnicas do produto.

Quais são as suas características? Descreva os seus conhecimentos técnicos, funcionais, do negócio, relacionamento, comunicação. Procure fazer uma lista em um doc ou um papel sulfite. Coloque de um lado suas habilidades e de outro suas dificuldades. Assim estará conhecendo a composição do seu produto profissional. Foque na parte das dificuldades.

Você se contrataria?

Por que o cliente compra a cadeira? Esse é o foco do cliente e assim, temos que ver se as características e vantagens atendem às suas expectativas.

Por que alguém contrata você? Esse é o foco do contratante. Melhor você se contrataria? Essa pergunta é ótima para analisarmos se temos todas as características certas como produto.

O que faz uma cadeira ser mais vendida que a outra? Que existem cadeiras que atendem melhor às expectativas do cliente. Como existem profissionais que atendem melhor às expectativas da empresa contratante.

Quais são suas tampas de crescimento?

Priorize suas dificuldades elencando em prioridades. Ou seja, qual é a sua dificuldade maior, a segunda e assim por diante. Tampas são limitadores de crescimento pessoal e profissional. Então remova suas tampas. Veja a dificuldade maior e procure recursos para eliminá-la. Essas tampas aparecem quando surgem oportunidades em nossas vidas. Por exemplo: “vamos promover o Guilherme para esse cargo?” “ Vamos, ele conhece a cultura da empresa, tem competência técnica, experiência na função… “ “É, mas não tem fluência em inglês e essa nova função isso é imprescindível”. “É verdade, vamos ter que trazer alguém de fora”.

Pronto, perdeu uma oportunidade porque o produto não tinha a composição correta para atender a essa exigência. Esse é um exemplo, outras características de dificuldades poderiam surgir. Por exemplo, timidez, maturidade emocional.

Como  eliminar as tampas?

A composição do seu produto no marketing pessoal e profissional deve ser uma preocupação constante. Um produto deve estar sendo sempre melhorado e atualizado de acordo com a evolução tecnológica e intelectual.

Recomendo algumas técnicas de selfcoaching, ou autodesenvolvimento, para serem aplicadas, independente de um programa formal da empresa. A responsabilidade pelo seu desenvolvimento é sua e não da empresa. Por isso procure sempre por oportunidades de se desenvolver.

Técnicas de selfcoaching

Coaching é a primeira delas. Não precisa pagar por um coach. Na empresa você tem colegas que tem conhecimentos e habilidades que podem ser transmitidas. Para isso basta procurar pelo colega e perguntar: “Como você consegue ser tão comunicativo? Eu sou tão tímido, me dê algumas dica?”. Ele dirá os recursos que você precisará aplicar e se desenvolver nessa característica. Benchmarking é outra técnica. Esta se aplica a pessoas que não tem contato, está em nível superior ou outra área. Observe, veja como ele trabalha a maturidade emocional por exemplo, copie. A outra técnica ainda procure por cursos, treinamentos, palestras, cursos online, onde tiver. Ainda poderá fazer leituras de livros, artigos sobre aquela dificuldade que tem e verificar os recursos que precisará aprender.

Filmes é uma boa técnica. Se tiver a lista das suas características, verá que uma série de recursos surgirá a sua frente. Vendo um filme, aparece uma cena que tem a ver com a sua dificuldade e se surpreende. “Puxa, veja como ele resolveu isso. Posso utilizar na minha situação”. Sua mente estará aberta para esses recursos que surgem nessas situações.

Mentoring é um bom caminho

Eleja um mentor. Essa pessoa deverá ser alguém sênior na empresa, com experiência e tempo de casa. Que conheça a cultura da organização e que não seja seu chefe. Essa pessoa não deverá ter interesse no seu resultado e sim ajudar a empresa e você a fazerem o melhor. O chefe está mais para coach. Um colega também não é adequado, porque o mentor é aquele que não compromisso em agradá-lo e apontará a sua dificuldade com a empresa. Dirá abertamente o que pensa em forma de conselho ou de crítica. E dele, você aceitará, do chefe e do colega não. O que ele apontar, coloque na sua lista e continue a buscar recursos para melhora seu produto.

Aceite fazer o que for mais difícil

Uma boa propaganda para você é sempre aceitar a resolver os problemas que ninguém quer. Não tem glamour, é mais difícil. Mas, também não terá concorrente. Daqui a pouco, sempre que surgir um problema te encaminha ou será reconhecido por isso. Essa é uma boa forma de fazer o seu marketing pessoal e profissional.

A melhor propaganda é a indireta. A direta é a pessoa “bater no peito” e dizer: “Deixa comigo”. A indireta é: “Leve esse assunto para o Guilherme que ele resolve”. Lembre-se que você se julga por aquilo que acha capaz de fazer.  As pessoas julgam por aquilo que você efetivamente faz.

Esse foi um caminho que sempre trilhei nas empresas e deu muito certo. Estou aberto para questionamento sobre o assunto. Sintam-se a vontade para colocar suas perguntas.

AJ Limão Ervilha

É palestrante, professor, consultor de empresas e autor de livros sobre liderança, negociação e vendas. Especialização em Marketing pela New York State University. Certificação internacional em Coaching e Licensed em DHE – Design Human Engineering® and The Society of NLP™. Foi executivo nas empresas Fleischamann & Royal (Kraft Foods), Santa Marina (Saint Gobain), Incepa (Laufen), Portobello e Eletrolux. Dedica-se a consultoria, coaching, treinamentos e desenvolvimento de Líderes. Acesse: www.ajlimao.com.br

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.